ELETROCARDIOGRAMA - PARA QUE SERVE?


O eletrocardiograma é um exame médico na área de cardiologia onde é feito o registro da variação dos potenciais elétricos gerados pela atividade elétrica do coração.

  • Bases Teóricas
O coração apresenta atividade elétrica por variação na quantidade relativa de ions presentes dentro e fora das células do miocárdio. Esta variação cíclica gera diferença de concentração dos referidos íons na periferia do corpo. Eletrodos sensíveis colocados em pontos específicos do corpo registram esta diferença elétrica.

Aparelhagem
O aparelho que registra o eletrocardiograma é o eletrocardiógrafo.

  • Indicação
O exame é indicado como parte da análise de doenças cardíacas, em especial as arritmias cardíacas. O aparelho registra as alterações elétricas na despolarização das células cardíacas partindo do nodosinusal(células auto-rítmicas) que induz a despolarização dos átrios e dos ventrículos. Esse registro é feito através de ondas: P-Despolarização atrial; Complexo QRS- Despolarização ventricular; T-Repolarização ventricular;

A repolarização atrial não existe por causa que é coberta pela despolarização ventrícular que causa uma diferença elétrica mais significativa.

  • Riscos
O exame não apresenta riscos. Eventualmente podem ocorrer reações dermatológicas em função do gel necessário para melhorar a qualidade do exame.

  • Técnica
Para se realizar o exame eletrocardiograma (ECG), o técnico deve inicialmente explicar ao paciente cada etapa do processo. O ambiente da sala deve estar com temperatura agradável (nem muito quente nem muito frio). O paciente deve estar descansado há pelo menos 10 minutos, sem ter fumado há pelo menos 40 minutos, estar calmo. Deve ser investigado quanto ao uso de remédios que esteja usando, ou que costume usar esporadicamente. Com o paciente em decúbito dorsal, palmas viradas para cima, o técnico desengordura-lhe a pele dos pulsos, para isso podendo utilizar alcool a 70%, dos tornozelos e da região precordial. Às vezes é necessário uma tricotomia (corte dos pelos) em parte do precórdio, principalmente em homens. São colocados os eletrodos nos membros e na região precordial, e em seguida esses eletrodos são conectados ao aparelho (eletrocardiógrafo) a fim de ser realizado o exame. Os sinais elétricos podem ser vistos com um osciloscópio, mas geralmente são registrados em papel quadriculado para serem então laudados.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

CityGlobe